Dores crônicas pós-cirúrgicas: quando os implantes doem

  A cirurgia para colocação de implantes dentários é considerada simples e tem taxas de sucesso muito altas. Entretanto, em raros casos, o paciente pode apresentar dor persistente após a instalação de implantes. Esta dor não tem relação com o processo de cicatrização, ou seja, não é uma dor inflamatória causada pela cirurgia. Trata-se de uma dor neuropática persistente pós-implante. Nestes casos, a recuperação das fibras nervosas (neurônios) não acontece de forma adequada gerando um quadro de dor contínua, em ardência ou queimação e eventualmente choque elétrico, na região próxima ao implante dentário. Os sintomas podem começar logo após a cirurgia ou ainda após a instalação da prótese. O prognóstico da dor com a remoção do implante é incerto, principalmente após o fim do período de osteointegração, uma vez que a remoção causa ainda mais dano ao tecido nervoso. Nestes casos, o manejo se faz com a administração de medicamentos de ação central, como alguns anticonvulsivantes e ainda com uso tópico de pomadas a base de capsaicina. Caso se identifique com os sin

Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas e informações sobre os nossos tratamentos!