Ronco e apneia do sono: o dentista pode ajudar!

A apneia do sono é caracterizada por uma interrupção da respiração e paradas respiratórias durante o sono, mesmo com esforço respiratório. A apneia pode ser gerada por fatores neurológicos ou por obstrução da passagem do ar pelos tecidos orais e da faringe. Normalmente as apneias obstrutivas ocorrem quando o paciente dorme de barriga para cima. O número de eventos por hora determinam a severidade da doença, que está relacionada ao aumento de risco de doenças cárdio-vasculares e, portanto, pode por em risco a vida do paciente. Alterações craniofaciais, fatores genéticos e hormonais, obesidade, uso de medicamentos e o consumo de álcool são considerados fatores predisponentes da apneia. Se você apresenta sonolência diurna, insônia noturna, cansaço ao acordar, ronco alto, obstrução respiratória durante o sono deve procurar um especialista para avaliar seu caso. Existem algumas opções de tratamento. Casos mais simples podem ser tratados pelo dentista, com uso de aparelhos intraorais removíveis que avançam a mandíbula e aumentam o espaço para respiração. Outros podem ser tratados com uso de CPAP, uma máquina com máscara nasal que aumenta a ventilação durante o sono. Casos complexos podem requerer avanço cirúrgico bimaxilar (cirurgia ortognát

Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas e informações sobre os nossos tratamentos!