Xô dor de cabeça: conheça os tratamentos da Disfunção da ATM.

Um dos sintomas mais comumente encontrados em pacientes que apresentam Disfunção da ATM é a cefaleia. A cefaleia ocorre devido ao comportamento parafuncional que induz à contração excessiva da musculatura mastigatória.

Os tratamentos da Disfunção da ATM incluem técnicas de relaxamento muscular, fisioterapia de reeducação postural global, utilização de dispositivos intra-orais, reabilitação oclusal, terapia medicamentosa ou cirúrgica.

 

Imagem-meio-S8

 

Os dispositivos intra-orais são confeccionados de forma personalizada para cada paciente. Eles recobrem as superfícies incisais e oclusais dos dentes, alterando a oclusão do paciente, criando contatos oclusais mais adequados e um relacionamento maxilomandibular mais favorável. As placas oclusais estabilizam e melhoram a função das articulações temporomandibulares, além de promoverem o relaxamento muscular.

A maloclusão pode causar desenvolvimentos patogênicos musculares e articulares. Portanto, dentes ausentes devem ser reabilitados com a finalidade de restabelecimento oclusal funcional.

A equipe multidisciplinar altamente graduada da Clínica Bonotto está à sua disposição para diagnosticar, esclarecer e tratar os sintomas da Disfunção da ATM e se despedir da dor de cabeça.

Agende uma consulta em uma Clínica que trata ATM em Curitiba (41) 3024 3739.

 

 

 

1. Fernandes Neto AJ, Barbosa GAS. Placas Oclusais. Univ. Fed. Uberlândia.

2006;1-19.

2. Clark GTA. A critical evaluation of orthopedic interoclusal appliance

therapy: design, theory, and overall effectiveness. J Am Dent Assoc.

1984;108:359-64.

3. Clark GT. Terapia com placas oclusais. In: Mohl ND, Zarb GA, Carlsson

GE, Rugh JD. Fundamentos da Oclusão. Quintessence books.1989.449p.

Cap.20, p.305-19.

4. Maria Inês Baptistela Ferão, Jerferson Traebert. Prevalence of

temporomandibular dysfunction in patients with cervical pain under

physiotherapy treatment. Fisioter Mov. 2008;21(4):63-70.

5. Temporomandibular joint pain and dysfunction: a clinical study of emotional

and occlusal components. J Prosthet Dent.1972;28(4):412-22.

Deixe um comentário

Inscreva-se em nossa newsletter e receba dicas e informações sobre os nossos tratamentos!